DESTAQUE

PREVISÃO DO TEMPO INDICA CHUVAS E FRENTE FRIA EM RONDÔNIA

Segundo o Censipam, as temperaturas começarão a cair a partir de segunda-feira, 8 de julho, em todo o estado, proporcionando alívio para os moradores que enfrentaram um mês de clima seco e calor intenso.

Após um mês de temperaturas elevadas e uma estiagem considerada “crítica”, os moradores de Rondônia finalmente terão alívio com a chegada de chuvas e uma frente fria, conforme previsão do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

MUDANÇA CLIMÁTICA ESPERADA

De acordo com o Censipam, a massa de ar seco que domina o estado começará a enfraquecer a partir deste sábado, 6 de julho, permitindo um aumento da umidade e melhores condições para chuvas em toda a região Sul da amazônia

Para este sábado, a previsão é de céu nublado e tempo abafado, com possibilidade de chuvas isoladas na capital, Porto Velho, e nas regiões dos Vales do Jamari, Mamoré e Guaporé, além da Ponta do Abunã, Baixo Madeira e nordeste do estado. O cenário não deve mudar muito no domingo, 7 de julho, com a previsão de sol e calor, apesar do aumento gradual da umidade.

A esperada frente fria deve chegar no estado no início da próxima semana, trazendo mudanças significativas no clima de Rondônia. A previsão indica céu nublado com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia nas regiões dos Vales do Guaporé e Mamoré e na Ponta do Abunã.

ALÍVIO DAS ALTAS TEMPERATURAS
Segundo o Censipam, as temperaturas começarão a cair a partir de segunda-feira, 8 de julho, em todo o estado, proporcionando alívio para os moradores que enfrentaram um mês de clima seco e calor intenso.

UM MÊS SEM CHUVA
Em 25 de junho, a cidade de Porto Velho completou um mês sem registros de chuva, com os moradores sofrendo com altas temperaturas e umidade baixa. Em resposta ao período crítico de estiagem, o governo de Rondônia declarou estado de emergência na quinta-feira, 4 de julho. O decreto, que já está em vigor, terá validade de 180 dias.

Essa mudança climática traz esperança e alívio para os rondonienses, que aguardam ansiosamente por dias mais frescos e úmidos após um período de extrema seca e calor.

fonte: jornalderondônia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo