Geral

Polícia Federal identifica crimes ambientais na Terra Indígena 7 de Setembro

A Polícia Federal realizou uma operação no dia 25 de junho para combater crimes ambientais na área protegida da Terra Indígena (TI) 7 de Setembro, no município de Rondolândia (MT).No interior da Terra Indígena, além do garim

po ilegal, foi identificada a extração ilegal de madeira. Foram localizados e inutilizados um trator, uma motocicleta e dois acampamentos usados pelos criminosos.

Durante a ação, uma ponte dentro da Terra Indígena foi novamente danificada, mostrando que estava sendo utilizada por criminosos para o transporte de produtos ilegais.

A TI está localizada entre os municípios de Cacoal (RO), Espigão D’Oeste (RO) e Rondolândia, nos estados de Mato Grosso e Rondônia.

A operação contou com a ação conjunta da Polícia Federal e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo