Policia

PF realiza operação contra grupo suspeito de vender cerca de R$ 180 milhões em crédito ilegal de carbono

Uma organização criminosa suspeita de vender cerca de R$ 180 milhões em crédito de carbono de áreas da União invadidas ilegalmente está sendo alvo da Operação Greenwashing da Polícia Federal (PF), nesta quarta-feira (5).

De acordo com a PF, 5 mandados de prisão preventiva e 76 de busca e apreensão estão sendo cumpridos nos estados de Rondônia, Amazonas, Mato Grosso, Paraná, Ceará e São Paulo. Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal da Seção Judiciária do Amazonas.

Além disso, foram decretadas:

108 medidas cautelares diversas da prisão;
8 suspensões do exercício da função pública;
4 suspensões de registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA);
7 bloqueios na emissão de Documentos de Origem Florestal (DOFs), assim como o sequestro de R$ 1,6 bilhão.

Segundo as investigações, as fraudes fundiárias surgiram no município de Lábrea (AM) e se estenderam por mais de uma década. O esquema envolve a duplicação e falsificação de títulos de propriedade, o que resultou na apropriação ilegal de cerca de 538 mil hectares de terras públicas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo