DESTAQUEPolicia

Em Ji-Paraná, Polícia Militar apreende droga e prende suspeitos por tráfico

Na noite da última sexta-feira, 21, a Polícia Militar em Ji-Paraná obteve sucesso em uma operação contra o tráfico de drogas no bairro Alto Alegre. A ação ocorreu após várias denúncias envolvendo uma residência na localidade. Uma guarnição da Força Tática abordou o suspeito que estava saindo de sua casa acompanhado de uma mulher, resultando em uma apreensão significativa de entorpecentes.

Durante a abordagem, foi encontrado na bolsa da mulher um invólucro plástico contendo maconha do tipo “bucha”, conhecida por seu alto grau de pureza e valor. Confrontada com o flagrante, a mulher confessou ter comprado a droga de um amigo, morador da residência alvo das denúncias e que estava com ela no momento da abordagem. Ela também revelou que não era a primeira vez que adquiriu drogas dele, e que as negociações eram feitas através de seu celular, que foi apreendido para futuras investigações.

Apesar de negar a comercialização de drogas, o suspeito admitiu possuir mais entorpecentes em sua casa. Quando os militares chegaram ao local, já era possível sentir o forte odor característico de maconha. O homem então indicou onde estava guardando a droga, revelando dezenas de pedaços de maconha da modalidade “bucha” dentro de uma sacola.

As buscas na residência continuaram, levando à descoberta de uma balança digital com vestígios de maconha e centenas de embalagens transparentes, semelhantes às encontradas com a mulher. Além disso, mais um invólucro de maconha foi localizado na casa da mulher, no Residencial Rondon. Ela admitiu que compra a droga do suspeito e a revende em pedaços menores, mas expressou medo de falar em juízo devido à periculosidade do traficante.

Diante das evidências e confissões, os suspeitos foram presos em flagrante. Ambos foram informados de seus direitos constitucionais e encaminhados à Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), juntamente com a droga apreendida e os aparelhos celulares, para os procedimentos legais cabíveis.

PM RO

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo