DESTAQUEGeral

CAERD Alerta Sobre Uso Racional de Água em Ouro Preto do Oeste e Jaru

Dr Lauro Fernandes, Diretor Técnico Operacional da CAERD, fez um apelo urgente à população de Jaru e Ouro Preto do Oeste para que adotem medidas de conservação de água durante o período crítico do verão amazônico. Em um comunicado divulgado no dia 15 de junho de 2024, Dr. Fernandes destacou a gravidade da situação devido à chegada do fenômeno El Niño, que tem provocado uma redução significativa no nível dos rios da região.

A produção atual de água em Ouro Preto do Oeste é limitada a 6,2 milhões de litros por dia, enquanto em Jaru, o fornecimento diário é de 8,64 milhões de litros. Essas quantidades são insuficientes para atender à demanda crescente, especialmente durante o período de seca. Embora o Governo do Estado esteja trabalhando na construção de uma nova estação de tratamento de água em Ouro Preto do Oeste e na ampliação do sistema de abastecimento em Jaru, essas iniciativas ainda estão em andamento e não resolverão a situação de imediato.

Confira em vídeo:

Dr. Fernandes enfatizou a importância do uso racional da água, recomendando várias medidas simples, mas eficazes, que a população pode adotar para evitar desperdícios. Entre as principais recomendações estão:

Reduzir o Consumo de Água: Evite deixar torneiras e chuveiros abertos por tempo excessivo.
Evitar Lavar Calçadas e Veículos: Suspender a lavagem de calçadas e veículos durante o período de secagem.
Não Usar Água para Baixar Poeira: Evite jogar água nas ruas para controlar a poeira.

Essas medidas são cruciais para garantir que a água disponível seja suficiente para atender às necessidades domésticas e comerciais sem comprometer o abastecimento. Dr. Fernandes destacou que a colaboração de todos é essencial para enfrentar o desafio da escassez hídrica e minimizar seus impactos.

Além disso, alertou que o CENSIPAM (Centro de Monitoramento e Previsão do Tempo e Clima da Amazônia) já indicou que os períodos de 2024-2025 serão mais severos que 2023, reforçando a necessidade de um esforço coletivo na conservação da água.

“Contamos com a compreensão e colaboração de todos vocês. Essas características do El Niño chegaram para mostrar que a natureza cobra, e precisamos estar preparados para os desafios que virão”, concluiu Dr. Fernandes.

A CAERD segue comprometida em melhorar a infraestrutura de abastecimento de água e agradece o apoio da comunidade nesta causa vital para a sustentabilidade da região.

fonte: Ouropretodooeste.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo