Ponte Preta vence Genus por 1 a 0 em RO mas não elimina jogo de volta

0
Ponte venceu Genus por 1 a 0 (Foto: Emanuele Madeira)

Jogo equilibrado e torcida eufórica marcaram o encontro entre Genus e Ponte Preta no Aluizão. A partida da segunda fase da Copa do Brasil, realizada nesta quinta, 5, terminou em 1 a 0 para a Macaca, que não conseguiu eliminar o jogo de volta, mas garantiu a vantagem para tentar um espaço na terceira etapa da competição.

Do lado dos donos da casa, uma equipe que nunca havia chegado tão longe em uma disputa nacional, com vontade de entrar na batalha e mostrar um bom futebol. Pelos visitantes, dominava a expectativa de não ter que decidir em casa, para poder focar na estreia no Brasileirão. Genus e Ponte Preta voltar a se encarar no dia 12 de maio, no Estádio Moisés Lucarelli.

Genus domina primeiro tempo

Os primeiros minutos da partida foram palco do Genus. Com a Ponte ainda tentando se encaixar em campo, o Aurigrená dominou com boa marcação e não deixou o ataque da Macaca ter sucesso. Somente na segunda metade do primeiro tempo que os visitantes tiveram evolução considerável. Em uma cobrança de escanteio, Ravanelli mandou a bola para a trave, Elton mandou de primeira e Tiago Rocha garantiu com uma bela defesa o placar intacto. Mesmo com a pressão maior, o Genus continuou jogando nos erros do visitante e ainda conseguiu uma boa chance de sair na vantagem, em uma cobrança de falta com finalização de Juninho.

Ponte dá volta por cima no segundo tempo

Se na primeira metade da partida o Genus foi o destaque, na segunda a Ponte decidiu ser a protagonista e tentar a qualquer custo não levar o jogo para casa. Com novo ritmo e ânimo, tomou dois sustos com lances do Aurigrená mas conseguiu manter a calma e seguiu com um forte ataque. Em lances seguidos, Felipe Azevedo e Douglas Grolli tentaram colocar a bola na rede do Genus, mas o sucesso nas finalizações só foi obtido aos 30 minutos pelos pés de Felipe, que recebeu sozinho no meio da área.

Logo nos primeiros minutos, Kadu recebeu uma pancada na cabeça. Os efeitos só foram sentidos minutos depois, quando teve que ser substituído por Fábio Ferreira. Ravanelli também foi para o chuveiro mais cedo, deixando Cristian assumir a posição. Temendo perder a chance de disputar a partida de volta em Campinas, o Aurigrená também fez alterações e colocou Rob no lugar de Carlinhos na tentativa de melhorar a ligação no meio de campo. Mesmo com todas as trocas, nem o Genus conseguiu empatar e nem a Macaca abrir a distância que precisava. O jogo encerrou em 1 a 0 para a Ponte.

Fonte: GloboEsporte

comente

COMPARTILHAR