Ouro Preto: insegurança faz com que empresas funcionem com as portas fechadas

0

O medo de assalto pela falta de segurança em Ouro Preto do Oeste ficou incontrolável, muitos escritórios, incluindo advocatícios, clinicas odontológicas e outros, estão atendendo o público só depois que se identificam através das campainhas, e por meio de imagens das câmeras de seguranças.

Hoje não é difícil você se deparar com estabelecimentos comerciais de portas fechadas com cartazes anunciando: “Identifique-se ao apertar a campainha”, “Anuncie sua chegada” e outros dizeres, comércios que normalmente estariam com as portas abertas para o atendimento.

Conforme o advogado Eduardo Diniz, ele ainda não adotou esta prática, mas se não houver alguma intervenção neste sentido, vai acabar aderindo, por sua segurança; ele ainda citou vários lugares fechados, inclusive colegas advogados.

Comerciantes da cidade procuraram o CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança do Município de Ouro Preto do Oeste), que por sua vez, atendendo os pedidos, entrou com solicitação de viaturas e aumento de policiais para a cidade, isso melhoraria nas rondas e voltariam com o policiamento ostensivo para as ruas, inibindo ações deliquentes.

A viatura até foi concedida, mas até o momento não houve envio de policiais e nossas ruas continuam desguarnecidas, até quando a população e vai ficar a mercê, com os cidadãos de bens presos em seus comércios e residências, enquanto os bandidos ficam soltos aterrorizando?

Fonte: Esporteenoticia.com

1345

 

comente