Marcelino Tenório quer que governo amplie atas de registro de preços

0

deputado Marcelino Tenório (PRP) indicou ao Poder Executivo, direcionado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e ao Departamento de Estradas de Rodagens (DER), para que realizem registro de preço amplo para material penso e insumos e tubos ármicos para suprir as necessidades dos municípios do Estado.

Segundo o parlamentar, o Estado tem condições de, ao realizar o registro para compra de materiais para suas necessidades, ampliar este registro em até 80%, acima das necessidades, possibilitando assim o devido suporte para que os pequenos municípios possam adquirir os produtos com preços reduzidos.

Se um pequeno município compra 5 unidades de um determinado produto, afirmou Marcelino, o Estado compra 500 e a um preço menor devido à quantidade adquirida. “Se o governo aumentar o registro de preços, os municípios poderão adquirir os produtos baseados no preço de registro da ata do Estado, economizando para os cofres públicos”, detalhou

Ele acrescentou que, por terem orçamentos pequenos, os municípios são obrigados a comprar com preços mais altos estes materiais.

Os materiais a que Marcelino se refere, para o DER, são os tubos ármicos, que são utilizados nas substituições das pontes de madeira, bem como material e insumos para asfaltamento e recapeamento de ruas. Para a Sesau, são medicamentos básicos e material penso, como seringas, agulhas e algodão.

De acordo com Marcelino, com esta ação, o Estado beneficiará diretamente a população dos municípios, que terão como receber medicamentos para seus tratamentos, bem como os moradores das áreas rurais, que terão estradas melhores para escoar suas produções.

ASCOM

 

comente

COMPARTILHAR