Ji-Paraná – escolinhas de Futsal da Semetur atendem jovens e crianças

0

Com treinamentos acontecendo nos principais ginásios de esportes de Ji-Paraná, as Escolinhas de Futsal da Secretaria Municipal de Esporte e Turismo (Semetur) começaram suas atividades este ano com um número expressivo de participantes. Ao todo 205 alunos estão matriculados participando das atividades.

Sob a coordenação dos professores Douglas Kutisque, Dayana Renata e Paulo Lucena, as escolinhas atendendo crianças e adolescentes dos 8 aos 17 anos, nos dois Distritos da cidades. As escolinhas de iniciação esportiva são uma das prioridades da Semetur.

Contando atualmente com um total de 65 alunos divididos em três categorias distintas, o professor Douglas Kutisque ministra treinamentos as segundas, quartas e sextas-feiras, nos períodos da manhã (das 9h a 11h15) e tarde (das 14h a 17h), na quadra do ginásio de esportes do Bairro Jardim dos Migrantes.

Trabalhando com alunos na categoria Juvenil, entre 15 e 17 anos, Infantil para crianças entre 11 e 14 anos, e categoria Iniciação envolvendo crianças de 8, 9 e 10 anos, a escolinha de

Sob o comando da Professora Dayana Renata, um total de 25 alunos participam de treinamentos as segundas e quartas-feiras, no período da manhã. Os treinos da escolinha da professora Dayana iniciaram há três semanas, na quadra da Paróquia São José, no segundo Distrito.

Já a escolinha Adão Lamota esta no seu terceiro ano de funcionamento no ginásio poliesportivo Adão Lamota, onde atende crianças e adolescentes de bairros circunvizinhos. O trabalho é desenvolvido pelo professor de educação física Paulo Lucena atendendo os alunos com idade de 07 a 17 anos no período matutino e vespertino. A Escolinha atende mais de 120 alunos das diversas classes sociais com o foco principal a inclusão social e educação por meio do esporte, na escolinha são trabalhados fundamentos técnicos e táticos.

Segundo o professor Paulo Lucena os profissionais que atuam nas escolinhas tem um papel fundamental na contribuição da formação do caráter das crianças, os mesmos quando estão praticando um esporte, dá ao professor a oportunidade de  interferir de forma positiva em todos os aspectos, principalmente na formação de cidadãos, conforme Lucena a recomendação da secretária Seloi Totti  é desenvolver um trabalho esportivo educacional.

As aulas de treinamentos para a aprendizagem do Futsal é gratuita, só é necessário fazer a matrícula, ter um tênis próprio para a prática da modalidade, calção e camiseta.

Escolinhas Futsal (4) Escolinhas Futsal (2)

Fonte: ASCOM

comente

COMPARTILHAR