Escola Municipal Fernando de Azevedo consolida o Projeto Lixo Divertido

0

Considerada uma escola modelo em termo de educação e participação junto a comunidade a Escola Municipal Fernando de Azevedo localizada no bairro Novo Horizonte em Ouro Preto do Oeste realizou um evento festivo para apresentar o Projeto Lixo Divertido com a entrega a toda comunidade escolar de um parque ecologicamente correto feito totalmente com material reciclável (pneus). O evento foi organizado pela diretora da unidade escolar pedagoga Elza da Silva Fritz e sua equipe que recepcionaram a promotora de Justiça Dra Alba da Silva Lima, professor Paulo Fernandes Bicalho assessor especial de Educação da prefeitura, pedagoga Marivone Resende de Araujo coordenadora Regional de Educação e professora Maria José representando a Uneouro.

De acordo com a diretora Elza da Silva o Projeto Lixo Divertido é uma parceria com o Ministério Público do Estado – MP/RO através da Promotoria de Justiça da Comarca de Ouro Preto do Oeste e teve o seu inicio no mês de abril ultimo com uma coleta de 40 kg de garrafas pet (totalizando 2.120 unidades), 78 kg de latinhas o que rendeu R$ 408 que foi utilizado para a compra de tintas para pintar os brinquedos confeccionados com pneus (total de 548 unidades) e neste caso a escola Fernando de Azevedo teve a parceria da: Pemaza, Decar, Cometa Moto Center, Borracharias do Trevo e do Senhor Silas.

“A nossa escola hoje tem um parque construindo com pneus o que mostra a importância de cuidamos do meio ambiente. O presente projeto tende a contribuir para a manutenção da vida humana na Terra através da prática de alunos e comunidade escolar no que diz respeito à coleta seletiva e reciclagem. Mostrar a importância da coleta seletiva, da reciclagem, bem como a otimização de produtos de modo a diminuir a exploração desenfreada de recursos naturais”, disse a diretora que fez um agradecimento a Jonas Inocêncio pelas habilidades nas mãos em confeccionar todos os brinquedos e outros objetos com pneus recicláveis, aos servidores José Américo e Reginaldo na montagem e fixação dos mesmos, Robson da Silva o Robinho pela dedicação ao projeto e a todo corpo de funcionários da Escola municipal Fernando de Azevedo.

A promotora de Justiça Dra Alba da Silva Lima elogiou o empenho e dedicação da diretora Elza da Silva e sua equipe em abraçar a idéia proposta e tornar o projeto uma realidade. A representante do MP/RO disse que a Escola municipal Fernando de Azevedo é uma referencia quando o assunto é envolver a comunidade com ações voltadas não só para o meio ambiente, mas em outras áreas de interesse da coletividade e pediu que o exemplo seja seguido pelas demais escolas tanto da rede pública como da privada.

A coordenadora Regional de Educação jurisdição Ouro Preto do Oeste, pedagoga Marivone Resende de Araujo disse que o exemplo de civilidade que a Escola municipal Fernando de Azevedo apresenta através do Projeto Lixo Divertido é digno de elogios e que as boas idéias tem que ser colocadas em prática e quem ganha com isso é a comunidade e o meio ambiente agradece a exemplar iniciativa.

Educação Ambiental

A Educação Ambiental constitui um importante instrumento de mobilização da comunidade para a mudança de hábito e comportamento, especialmente em projetos relacionados à coleta seletiva, à reciclagem e a reutilização de materiais. O destino final do lixo é um dos agravantes da degradação do meio ambiente. Daí a necessidade de se promover a coleta seletiva e a reciclagem de resíduos sólidos, como alternativas para redução do volume de lixo a ser disposto em aterros ou lixões. A reciclagem permite a diminuição da quantidade de lixo produzido e o reaproveitamento de diversos materiais, ajudando a preservar alguns elementos da natureza no processo de reaproveitamento de materiais já transformados. Associar reciclagem, reutilização e revitalização da escola não apenas contribuirá para a Educação Ambiental de forma geral, como também criará um ambiente saudável e harmonioso dentro da escola, cujos envolvidos no processo desenvolverão um espírito de proteção com aquilo que ajudaram a construir. Assim se traduz o papel da escola na formação do cidadão com objetivos concretos e a clareza do que é certo e errado em termos ambientais.

A Educação Ambiental como processo educativo, permanente e contínuo, visa desenvolver uma filosofia de vida ética e moral, de maior harmonia e respeito com a natureza e entre os homens. Dessa forma propicia o conhecimento e o exercício da cidadania para uma atuação crítica e consciente seja de forma individual ou em grupo priorizando a preservação do meio ambiente e a otimização de seus recursos. A interação entre os docentes, discentes e comunidade escolar nesse processo é fundamental e inquestionável. De acordo com LAVOISIER “Na natureza nada se cria, nada se perde: tudo se transforma”, pois com criatividade, sensibilização, bom senso e consciência ambiental, é possível diminuir consideravelmente o volume de “lixo” gerado. Reciclar é importante, necessário, útil e urgente como uma das formas de ajudar a salvar o planeta de consequências catastróficas.

Fonte: ouropretoonline.com

 

comente