Dona de casa adere a zumba para sair da depressão e perde mais de 13 kg

0
Maju, dona de casa, perdeu 13 kg com zumba (Foto: Junior Freitas)
Maju, dona de casa, perdeu 13 kg com zumba (Foto: Junior Freitas)
Maju, dona de casa, perdeu 13 kg com zumba (Foto: Junior Freitas)

“Quem dança seus males espanta”. Não é esse o ditado? Para a dona de casa Maria Júlia de Oliveira, de 54 anos, a atividade física embalada por música ajudou não só na perda de peso, mas no psicológico. Hoje, uma das alunas mais empolgadas nas aulas de zumba, Maju conta chegou a pesar 96 kg e caiu em depressão após ficar viúva, em 2013. Encontrou na dança a motivação que precisava para se reerguer e superar os próprios limites.

As aulas de zumba são a mais nova sensação e se tornaram a paixão das mulheres de Guajará-Mirim. Atualmente cerca de 80 praticantes participam das aulas, que são realizadas três vezes por semana, durante aproximadamente uma hora e meia. Maju conta que começou a dançar zumba e mudou os hábitos alimentares para vencer a obesidade e a depressão, chegando a perder 13,5 kg durante um ano e meio de prática.

– Ouvi o anúncio numa emissora de rádio e resolvi frequentar, desde então nunca mais parei. A zumba só me trouxe coisas boas, porque antes eu só vivia doente, desanimada e sem autoestima. Comecei a cuidar de mim mesma e emagreci bastante, hoje posso dizer que sou uma nova mulher, rejuvenescida por dentro e por fora também. Me alimento seis vezes por dia, com frutas, salada, sopa e mingau. Antes eu comia de tudo, fora do horário e não me alimentava bem – comenta empolgada.

Segundo Maju, o início das aulas foi o momento mais difícil, mas ela se adaptou à nova rotina e conseguiu fazer várias amizades dentro do novo grupo.

– No primeiro dia tive a impressão de que estava no lugar errado, porque vi muita gente jovem e bonita. Achei que não seria bem recebida, mas foi ao contrário, todos me abraçaram e me sinto dentro de uma família. Caminho duas vezes por semana, saio com meus amigos e posso dizer que a zumba faz parte da minha história de superação. Eu danço e recomendo a zumba, realmente é muito bom – conclui.

img_8715
Maju, dona de casa, perdeu 13 kg com zumba (Foto: Junior Freitas)

Para o dançarino e coreógrafo profissional Joilson Pinheiro, de 26 anos, que é o professor responsável pelas aulas de zumba no município, a dona de casa é um exemplo para as mulheres mais jovens

– Maju é uma das mais animadas, dá um show de alegria, força de vontade e de sensualidade também. O ritmo que as alunas mais gostam é o latino, mas busco dançar vários estilos como axé, funk, forró, dance e carimbó, para deixa-las mais à vontade. Elas saem livres, livres e soltas – explicou Joilson.

comente

COMPARTILHAR