Confirmado 1° caso do vírus Zika em grávida de Rolim de Moura

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) confirmou o primeiro caso do vírus da Zika em uma mulher grávida no município de Rolim de Moura (RO), na região da Zona da Mata. Segundo o órgão, a paciente, que não teve a idade revelada, está no 5° mês de gestação e tanto ela quanto o bebê não correm nenhum risco de sequelas.

 

De acordo com a enfermeira do setor de epidemiologia, Quesia dos Anjos, o resultado do exame para o vírus da Zika foi divulgado na terça-feira (15). Após a divulgação, a gestante fez novos exames, que apontaram bom quadro clínico. A profissional de saúde garante que a criança não ficará com sequelas por causa do vírus.

 

“Os exames apontaram que a paciente não terá problemas com sua gravidez e também não foi detectado sinais de microcefalia na criança e nem outros tipos de sequelas. Mas, como manda o protocolo, ela será acompanhada pela equipe de gestão básica de enfermagem do município até o parto, que deve ser realizado em Porto Velho”, explica.

 

Conforme Quesia, o município tem notificado inúmeros casos suspeitos de Dengue, Chikungunya e o vírus da Zika, que são encaminhados todos para o Laboratório Central de Porto Velho. Os resultados estão sendo divulgados no prazo de sete dias.

 

Na semana passada, a Semusa confirmou dois casos de Chikungunya em Rolim de Moura, um deles em uma criança.

comente

COMPARTILHAR