Bebê é encontrado vivo junto ao corpo da mãe dentro de casa em Luziânia; marido da vítima é considerado suspeito

0
Shirley Souza, de 38 anos, encontrada morta em casa em Luziânia — Foto: Reprodução/Facebook

Delegado disse que investigado acionou a polícia dizendo que mulher teria se matado, mas não foi encontrado desde então.

Uma mulher de 38 anos foi encontrada morta na casa onde morava, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. O bebê dela, de pouco mais de um ano de vida, foi achado sozinho no local junto com o corpo da mãe. A Polícia Civil informou que o marido dela, que não teve a identidade divulgada, é considerado suspeito de ser o autor do crime e está desaparecido. A TV Anhanguera apurou que a vítima foi identificada como Shirley Souza.

“A Polícia Civil está trabalhando já com essa hipótese de feminicídio. O companheiro dela que, em tese, foi quem acionou a polícia falando que ela teria se matado, não foi encontrado até agora. A equipe está no encalço, mas até o momento não foi localizado”, explicou à TV Anhanguera o delegado Maurício Passerini, que apura o caso.

G1 entrou em contato com o Conselho Tutelar de Luziânia para saber quais medidas foram tomadas em relação ao bebê, mas os responsáveis pelo caso não foram localizados.

A reportagem também tentou contato com o delegado, por telefone, entre 14h05 e 14h30, mas as ligações não foram atendidas, e as mensagens não haviam sido respondidas até as 15h03.

Uma parente da vítima disse à TV Anhanguera que tentou contato com o marido de Shirley várias vezes por mensagem, mas que ele respondeu apenas que iria se matar, sem dizer onde estava ou revelar qualquer outa informação. Indignada com o que aconteceu, ela também pediu por justiça.

Fonte: G1/Luziania 

comente