Advogado e amigo são mortos a tiros dentro de restaurante em Jaru

0
O advogado Carlos Arthur Wanderbroock foi baleado quando conversava com um amigo. (Foto: OAB/Divulgação)
O advogado Carlos Arthur Wanderbroock foi baleado quando conversava com um amigo. (Foto: OAB/Divulgação)
O advogado Carlos Arthur Wanderbroock foi baleado
quando conversava com um amigo. (Foto: OAB/Divulgação)

O advogado Arthur Wanderbroock, conhecido como Português, foi assassinado a tiros, na tarde deste sábado(16), em Jaru, cidade a 290 km de Porto Velho. Na hora do crime, ele estava acompanhado de Alessandro Célia Rigato, o Kenno, que também foi morto.

O delegado de Jaru, Renato Cavalheiro, contou que o crime ocorreu por volta das 14h30, em um restaurante da cidade. Um homem teria chegado ao local em uma moto e foi em direção a mesa onde estavam as vítimas, quando sacou de uma arma e começou a disparar na direção de Alessandro.

“Acreditamos que o alvo era o Alessandro. O advogado se levantou no momento dos tiros e, provavelmente, o atirador pensou que ele fosse reagir e também atirou nele. O crime tem todas as características de uma execução”, afirmou. Após os disparos, o suspeito fugiu do local.

Outra observação feita pelo policial é que, recentemente, Alessandro havia sofrido uma tentativa de homicídio, mas não registrou queixa na delegacia. Além disso, na noite da última sexta-feira(15), ele procurou a polícia.

“Veio denunciar que estava sofrendo ameaças de morte, por parte de um homem conhecido como Alex Cowboy. No passado, Kenno já teve alguns problemas com a polícia, mas não podemos entrar em detalhes no momento. Estamos investigando e trabalhando com todas as linhas de investigação”, informou o delegado.

Segundo o policial, tudo leva a crer que foi uma execução e que o alvo era Kenno e Arthur foi assassinado por estar junto com ele na hora do crime. “Morreu de graça”, avaliou Renato. A OAB, em Rondônia, emitiu uma nota onde lamenta o assassinato do advogado.

Nota da OAB
OA Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) manifesta profundo pesar pela morte do advogado Carlos Arthur Wanderbroock, 44 anos, na tarde deste sábado (16), em Jaru.

O advogado, nascido em Campo Mourão-PR, atuava em Jaru há cerca de quatro anos e foi morto em um bar onde estava com um amigo, também assassinado.

O velório será no salão paroquial da Igreja Matriz, às 19h. O local onde o corpo será enterrado ainda não foi definido pelos familiares.

A OAB/RO acompanhará as investigações sobre esse crime bárbaro e se solidariza com a família e amigos enlutados.

 

Fonte: G1 RO

comente

COMPARTILHAR