5ª Rondônia Rural Show é lançada e feira espera R$ 800 mi em negócios

0
Vice-governador de RO, Daniel Pereira, destacou importância da feira para o estado (Foto: Toni Francis/G1)

Com foco nos números e resultados das últimas edições, o Governo de Rondônia lançou oficialmente nesta quarta-feira (4), em Porto Velho, a 5ª edição da Rondônia Rural Show. Segundo os organizadores, a feira de tecnologia e oportunidades de negócios agropecuários  está mudando a realidade de quem vive no campo. O evento será realizado no final de maio, em Ji-Paraná (RO) e deve movimentar mais de R$ 800 milhões em negócios.

Valdemar Camata, presidente do Sebrae, garantiu participação da instituição no evento (Foto: Toni Francis/G1)
Valdemar Camata, presidente do Sebrae, garantiu
participação da instituição no evento
(Foto: Toni Francis/G1)

O lançamento da feira aconteceu no teatro “O Guaporé”, na capital, e contou com a presença de várias autoridades políticas, estudantes e representantes de instituições bancárias e de fomento ao agronegócio e ao empreendedorismo.

A Rondônia Rural Show será realizada em Ji-Paraná de 25 a 28 de maio, onde deve promover o encontro do homem do campo com as novas tecnologias, conforme afirmou o vice-governador do estado, Daniel Pereira.

Para esse ano, segundo Daniel Pereira, as expectativas de negócio vão de R$ 800 a 900 milhões. “Já estão acontecendo pré-shows de crédito, onde o produtor já está sendo atendido em vários projetos. Muitos irão ao Rural Show só finalizar as negociações”, salientou.

Prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, doou 50 hectares de terra para isntalação da feira no município (Foto: Toni Francis/G1)
Prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, doou 50
hectares de terra para isntalação da feira no
município (Foto: Toni Francis/G1)

O presidente do Sebrae, Valdemar Camata, assegurou a participação no evento. Outra novidade anunciada, que deve modificar a estrutura da feira em 2017, é a doação de 50 hectares de terra para a instalação permanente da Rondônia Rural Show em Ji-Paraná.

O prefeito do município, Jesualdo Pires, afirmou que a doação era necessária por causa da importância do evento para a economia do estado.

Segundo o secretário estadual de Agricultura, Evandro Cesar Padovani, os benefícios obtidos pelo homem do campo, através da feira, , tem se refletido no crescimento e na sustentação de economia de Rondônia.

““O homem do campo tendo condições econômicas e sociais de viver na área rural, certamente vais preferir ficar lá, através da feira, o governador Confúcio Moura, que é um estadista, esta oportunizando essa realidade aos nossos agricultores e pecuaristas”,  explicou.

G1 RO

comente

COMPARTILHAR